25 de fevereiro de 2012

TIM pretende investir R$ 9 Bilhões no Brasil até 2014




A TIM planeja investir R$ 9 bilhões no Brasil entre 2012 e 2014, afirmou hoje o presidente da operadora, Luca Luciani, em teleconferência a investidores.

A média anual vai repetir os R$ 3 bilhões investidos pela companhia em 2011. O montante se refere apenas ao crescimento orgânico da operadora – não inclui eventuais aquisições nem a compra de licenças para a quarta geração da telefonia móvel (4G).

Segundo Luciani, os recursos serão destinados à ampliação da capacidade da rede de telefonia móvel, à expansão da cobertura de terceira geração (3G) e ao lançamento dos serviços de banda larga fixa por meio de fibra óptica. O anúncio foi feito durante a apresentação do plano da Telecom Italia para o próximo triênio.

A companhia divulgou uma projeção de crescimento de pelo menos 10% para a receita líquida da TIM Brasil neste ano em comparação aos R$ 17,1 bilhões obtidos em 2011. Também é esperado um aumento dessa mesma proporção para o lucro operacional antes de juros, impostos, depreciação e amortizações (Ebitda, na sigla em inglês), que foi de R$ 4,6 bilhões no último exercício.

“Com isso, a TIM está um ano à frente de sua estimativa anterior em termos de receita”, destacou Luciani. “E vamos nos beneficiar dos ganhos de sinergia relacionados à compra da Atimus [empresa de infraestrutura de telecomunicações].”

De acordo com ele, a operadora tem grandes oportunidades no mercado brasileiro por causa do processo de substituição dos telefones fixos pelos celulares e pela forte demanda por acesso à internet.

A avaliação do executivo é de que os serviços de dados nas redes de telefonia móvel vão movimentar R$ 28 bilhões no mercado brasileiro em 2016.

Ao mesmo tempo, a TIM se prepara para fazer um “ataque seletivo” ao mercado de banda larga fixa residencial e empresarial do Rio de Janeiro e de São Paulo, a partir de julho, quando lançar os serviços baseados na rede de fibra óptica oriunda da antiga Atimus. Segundo Luciani, a operadora poderá ter 1 milhão de potenciais clientes residenciais do serviço até 2015.

O anúncio foi bem recebido no mercado. As ações da TIM subiram hoje 2,7% e fecharam o pregão cotadas a R$ 10,44.

Em Milão, os papéis da Telecom Italia avançaram 6,8% depois que a operadora anunciou metas de redução de sua dívida num ritmo superior ao esperado pelos investidores. A companhia projetou que sua dívida líquida cairá para 27,5 bilhões de euros neste ano, contra 30,4 bilhões de euros no fim de 2011.

A Telecom Italia vai reduzir a remuneração dos acionistas numa tentativa de economizar recursos para o pagamento de compromissos financeiros. A Telecom Italia informou que vai pagar 900 milhões de euros em dividendos relativos ao exercício de 2011, menos que a distribuição de 1,2 bilhão de euros feita no ano anterior. A queda já era esperada pelo mercado.

Fonte: Valor Econômico
Reações:

0 Participações: