25 de fevereiro de 2012

Varejistas americanos apostam em serviços para melhorar resultados





O varejo dos Estados Unidos tem utilizado a oferta de serviços para atrair mais consumidores e melhorar seus resultados em meio às turbulências na economia norte-americana.

A gama de ofertas é extensa e passa por áreas como saúde, finanças, beleza e gastronomia. Os serviços de saúde são oferecidos principalmente nas grandes redes varejistas, como a gigante supermercadista Walmart e a rede de descontos Target, enquanto as farmácias se destacam pelos serviços alternativos.

O Walmart conta com clínicas médicas em 27 estados americanos, tendo como principal diferencial a política de preços. Enquanto uma clinica cobra cerca de US$ 300 por consulta, o cliente que utiliza o serviço médico em uma das lojas do Walmart paga, em média, US$ 50. Outras atrativos são a facilidade do atendimento, sem necessidade de agendar horário. A varejista ainda conta com o plano de saúde próprio, com o custo de US$ 11.

Fonte: Folha de S. Paulo
Reações:

0 Participações: