9 de fevereiro de 2012

JBS vai abrir o capital da Vigor


Abertura de capital da Vigor em breve


A JBS S.A. vai abrir o capital da Vigor, sua subsidiária de lácteos. A companhia acaba de solicitar à Comissão de Valores Mobiliários (CVM) pedido de registro nesse sentido. O documento enviado também inclui um pedido de registro para a realização de uma oferta pública voluntária dirigida a todos os acionistas da JBS para a aquisição de ações ordinárias de emissão da própria companhia, “mediante a permuta por ações de emissão de sua subsidiária integral Vigor Alimentos S.A., única acionista da S.A. Fábrica de Alimentos Vigor”.

“A oferta é voluntária e foi estruturada de forma a garantir a todos os acionistas da JBS o direito de obter, proporcionalmente, na Vigor, como nova companhia aberta, a mesma participação que detêm na JBS, ou então, preservar o número de ações da companhia que possuírem”, informa a JBS em “Fato Relevante”.

De acordo com a companhia, a Vigor “concentrará as atividades no setor de consumo e seus papéis serão admitidos e negociados no Novo Mercado”. A JBS justifica a operação por considerar que o “mercado não consegue perceber” o “real valor” da Vigor. “Além disso, a indústria de lácteos costuma ter múltiplos de negociação superiores aos da indústria de processamento de carnes”, afirma o comunicado divulgado.

Conforme a JBS, o valor da Vigor e de suas ações serão definidos em uma nova reunião de seu conselho de administração, cuja data não foi divulgada. “Após a aprovação dos órgãos competentes, a Vigor terá uma estrutura corporativa própria e independente”, continua o “Fato Relevante”. Será constituído um conselho composto por sete membros, cinco deles independentes. O atual presidente da Vigor, Gilberto Xandó, será mantido no cargo.

Fonte: Valor Econômico
Reações:

0 Participações: