8 de março de 2012

Sara Lee pagará dívidas antes de separar sua divisão de café




A americana Sara Lee, dona das marcas de café Douwe Egberts, Senseo e Moccona, anunciou que pretende pagar até US$ 970 milhões em dívidas antes de fazer a separação da divisão de café e chá da unidade de carne.

A separação já tinha sido anunciada pela companhia no começo do ano passado. O presidente-executivo da empresa, Jan Bennink, disse que a meta é tornar a Sara Lee a segunda maior do mundo em vendas de café, o que significa que ela terá que ultrapassar a sua rival mais próxima, a Kraft Foods.

A suíça Nestlé lidera esse mercado mundial com participação de 22%, de acordo com a Euromonitor. Segundo a empresa de pesquisa, a Sara Lee terá que mais do que dobrar sua participação no mercado mundial do produto para atingir seu objetivo.

No Brasil, a empresa é dona de marcas importantes, como café Pilão, café do Ponto, entre outras, com 22,3% do mercado.

De acordo com a Bloomberg, a Sara Lee decidiu separar as unidades depois de recusar a oferta de pretendentes como a Apollo Global Management, a brasileira JBS e a KKR & Co. Jan Bennink afirmou, em junho do ano passado, que vai desmembrar as operações de café e não as de carne. Informou ainda que a empresa não vai manter o nome Sara Lee após a divisão.

A expectativa da empresa é finalizar o processo de separação da divisão até o fim de junho de 2012. Com a mudança, a companhia pretende ainda gerenciar com mais eficiência seu portfólio global.

Fonte: Valor Econômico
Reações:

0 Participações: