15 de fevereiro de 2012

Kellogg's compra pingles por US$ 2,7 bilhoes




A fabricante de alimentos Kellogg Company anunciou hoje que chegou a um acordo com a Procter & Gamble para comprar a batata Pringles por US$ 2,69 bilhões.

“A Pringles é uma excelente estratégia para a Kellogg Company”, diz a empresa em seu site. “Isto mostra os avanços significativos nos objetivos da companhia em construir uma marca global de aperitivos em paralelo a seu negócio global de cereais.”

A Kellogg espera que a aquisição valorize suas ações entre US$ 0,08 e US$ 0,10 no primeiro semestre. Em 2012, as sinergias devem somar pelo menos US$ 10 milhões; a partir de 2013, as sinergias podem chegar a US$ 75 milhões.

Em novembro, a P&G anunciou a venda da Pringles para a Diamond Foods. A operação deveria ser concluída até junho de 2012, mas, na semana passada, a Diamond Foods divulgou um comunicado afirmando que os resultados dos anos fiscais de 2010 e 2011 teriam que ser revistos, e o negócio foi encerrado.

A Kellogg vai incorporar os 1.700 funcionários da Pringles. As empresas esperam que o negócio seja aprovado pelos órgãos regulatórios até o verão, que começa em junho.

As vendas da Pringles giram em torno de US$ 1,5 bilhão. As batatas são fabricadas nos Estados Unidos, Europa e Ásia, e vendidas em 140 países.

Líder em produção de cereais, o portfólio da multinacional americana conta com marcas famosas no Brasil, tais como Kellogg's, Corn Flakes, Special K, entre outras. A empresa fabrica em 18 países e está presente no varejo em mais de 180.

Fonte: Valor Econômico
Reações:

0 Participações: