30 de março de 2011

Café fica 30% mais caro

O preço médio do quilo do produto moído passou de R$ 11,00 para R$ 14,30, um aumento de cerca de 30%. Os dados são da Abic – Associação Brasileira da Indústria do Café.

De acordo com a associação, o aumento na demanda e a escassez do produto no mercado mundial são responsáveis pela alta no valor do produto. O consumo per capita de café bateu recorde no ano passado, registrando o maior número nos últimos 45 anos. Em 2010, o consumo individual foi de 4,81 kg (o equivalente a 81 litros) contra 4,72 kg em 1965. Com isso, a demanda total de café no Brasil atingiu 19,1 milhões de sacas.

De acordo com Alessandra Sitolini Cano, gerente administrativa do Café Wenzel, os preços foram reajustados já no primeiro mês do ano, mas só agora estão sendo repassados ao consumidor final.

Para Alessandra, a escassez do produto no mercado também é explicada pela queda na produção em anos anteriores, devido aos baixos preços que o produto vinha enfrentando. “Os produtores migraram para outras culturas com retorno financeiro maior. Com o aumento da demanda, a produção cresce e os preços devem baixar”, avalia.

Fonte: Jornal da Cidade
Reações:

0 Participações: