22 de março de 2011

Ambev vai dar "milhas" a consumidor que reduzir conta de água em SP

Rolim, diretor da Ambev, lança hoje um "banco" na internet, em parceria com a Sabesp, para atrair o consumidorA Ambev, a maior fabricante de cerveja do país e que tem na água a base de sua produção, fechou parceria com a Sabesp e lança hoje uma campanha que dará descontos, em compras feitas pela internet, ao consumidor que reduzir sua conta de água. O programa, válido apenas para o Estado de São Paulo, envolve as varejistas online Americanas, Submarino, Shoptime e Blockbuster.

A ideia, desenvolvida pela agência de publicidade Lodduca, é levar o consumidor a cadastrar-se no bancocyan.com.br para abrir sua "conta corrente" em gotas de água. A Sabesp vai informar ao consumidor a sua média histórica de gasto. Conforme a faixa de consumo e o percentual de redução, o correntista acumulará "milhas". Esses pontos poderão ser usados na forma de descontos em compras feitas nas quatro varejistas que participam do programa.

"Esta é a fase mais difícil do Movimento Cyan, que é a do engajamento do consumidor", diz Ricardo Rolim, novo diretor de Relações Socioambientais/Comunicação da Ambev. O movimento começou há um ano, com o mapeamento do uso da água na operação da Ambev, feito pela holandesa Water Foot Print Network e a USP de São Carlos. A "pegada hidrológica", que considera desde a plantação da cevada até a venda da cerveja no bar - está em fase de revisão de dados.

A Ambev também "adotou", há um ano, uma bacia hidrográfica, a dos rios Corumbá e Paranoá, no Distrito Federal. Este projeto, que deve durar três anos, é tocado em parceria com a WWF-Brasil e tem a meta de medir a qualidade da água e educar a população ribeirinha para que não a polua. Essa bacia também abastece uma fábrica da Ambev, na região, a filial Gama. Ao todo, a empresa possui 34 fábricas no país, considerando-se, além das unidades de bebidas, as produções de garrafas, rótulos e tampinhas.

O "banco" lançado hoje na internet, explica Rolim, abre a fase de maior aproximação com o consumidor. "Queremos que ele entre no site e fique lá. É um desafio. São 27 milhões de pessoas no Estado de São Paulo", diz o diretor. A Sabesp informou que registra cerca de 6 milhões de contas no Estado, com 23,6 milhões de pessoas atendidas diretamente. Dependendo do resultado, Rolim diz que poderá replicar o modelo em outras regiões e que Minas Gerais é uma possibilidade.

Essa campanha faz parte dos investimentos em sustentabilidade previstos para este ano, na faixa de R$ 44 milhões, e que englobam desde a troca e manutenção de equipamentos nas fábricas, para deixar a produção mais eficiente no uso da água, até projetos sociais e de reciclagem. É o mesmo valor gasto no ano passado.

A Ambev vem reduzindo o uso de água em sua produção. Em 2003, ela gastava 4,88 litros de água para fazer um litro de cerveja. Em 2010 gastou 3,90 litros. A meta para 2012 é consumir 3,5 litros.

Fonte: Valor Econômico
Reações:

0 Participações: