18 de dezembro de 2009

Maizena está de cara nova

Sexta feira, 17 de Dezembro de 2009

A Maizena, marca de amido de milho, está com nova embalagem e oferece ao consumidor novas opções de receitas saborosas e nutritivas, que relembra assim os seus diversos usos culinários.

Entre as sugestões de receitas estão: nhoque com molho de cenoura, ervilhas e presunto, bolinho de arroz assado; almôndegas de carne com molho rose; entre outras delícias. A praticidade dos novos packs reforça a ideia do produto ser um grande aliado da dona de casa na cozinha, já que permite uma ampla variedade de uso por ser totalmente versátil

As novas embalagens de Maisena trazem também o Selo Minha Escolha, desenvolvido para facilitar a escolha de opções mais saudáveis de alimentos. O selo aparece na parte frontal das embalagens dos produtos que cumprem com os critérios nutricionais estabelecidos pela Choices International Foundation, e com isso, ajuda a identificar o produto que tem níveis controlados destes nutrientes. Acompanhe a história da Maizena desde 1874

Cronológia

1874
O amido de milho Maizena Duryea, importado dos Estados Unidos, começa a ser vendido
no Brasil. Em 1889, a marca é registrada no País.

1990
Nos primeiros anos do século XX, a Corn Products Company (CPC), que controla a marca
Maizena, incentiva padeiros e fabricantes de biscoitos a empregar o amido de milho em
suas receitas.

1927
A popularidade de Maizena leva a CPC a montar uma fábrica para produzir o amido de
milho no País – até então, ele era apenas embalado aqui.

1930
A Refinações de Milho Brasil, subsidiária da CPC, começa a operar no Brasil, fabricando o
amido de milho Maizena.

1945
É publicada a primeira Coletânea de Poemas Inéditos, em homenagem ao Dia das Mães.
Por anos, Maizena homenagearia as mulheres brasileiras em edições como essa no mês de
maio.

1947
Em uma pesquisa do Ibope com cerca de 5,5 mil mulheres entrevistadas no Rio de Janeiro
e em São Paulo, descobre-se que mais de 80% das donas-de-casa consomem Maizena.

1950
• A TV Tupi é inaugurada. A marca patrocina o programa Sabatinas Maizena, transmitido
até 1968.

• Testes, quebra-cabeças, adivinhações e atividades são as atrações dos Cadernos
Maizena, publicados pela marca durante a década e “dedicados aos meninos estudiosos
do Brasil”.

1956
• A marca Maizena completa um século de existência. Suas campanhas publicitárias
exaltam a tradição, com chamadas como “Há 100 anos alimentando gerações”.

• Maizena lança o livreto O Alimento do Bebê e da Criança. Dedicado às jovens mães,
fornece informações sobre amamentação e nutrição infantil.

1957
Nasce Cremogema, uma mistura para mingau à base de amido e proteínas de soja, com
sabor Baunilha.

1960
Maizena começa a buscar novo posicionamento no mercado. As campanhas deixam de
focar a alimentação infantil, para tratar da versatilidade do amido de milho. O slogan é
“Maizena faz tudo mais gostoso”.

1969
Surge a expressão “trio elétrico” para designar o mingau de Maizena. A campanha associa
o valor nutritivo do amido à proteína do leite e à energia do açúcar. A imagem seria
trabalhada também na década de 70.

1970
• O Cremogema Tradicional é substituído por uma versão Vitaminada. A mudança é
acompanhada de nova embalagem, na cor azul.
• As campanhas de Maizena divulgam receitas de pratos salgados, para desvincular a
idéia de que o produto só serve para preparações de sobremesas e alimentos infantis.

1973
Nova campanha de Maizena estimula o uso do amido no lugar de outras farinhas, em
especial a de trigo. A palavra-chave é “leve”. As chamadas declaram, por exemplo, que
“Maizena faz bolos mais macios” e “Maizena faz massas mais leves, mais puras”.

1978
É lançado o novo livro de receitas da marca. Seleção de Receitas Maizena: Doces e
Salgados é oferecido como brinde aos consumidores. No ano seguinte, surge o
Receituário Maizena, com pratos rápidos.

1983
Em parceria com a Editora Abril, Maizena publica a revista Nossas Receitas, que pode ser
adquirida nas bancas em troca de embalagens do amido de milho da marca. O slogan na
época é “Você conhece. Você confia”.

1989
Nasce o Centro Maizena de Informações ao Consumidor. O novo canal de comunicação
aproxima a marca do público, divulga receitas, oferece dicas para o dia-a-dia, tira dúvidas
e recebe reclamações.

1991
A Refinações de Milho Brasil adquire a marca Arrozina, uma farinha lançada em 1940,
conhecida nos estados do Norte e do Nordeste. A RMB muda a receita do produto, na
época à base de amido de milho, para um composto que inclui farinha de arroz, vitaminas
e minerais.

1992
A campanha “Maizena faz mais do que você imagina” veicula na TV dicas para as
consumidoras, como o uso do amido na massa de bolinhos fritos para deixá-los mais
sequinhos.

1993
A Combinada Maizena, uma bebida à base de amido, leite, açúcar e um ingrediente
especial, como chocolate ou banana, ganha divulgação na televisão. A campanha resgata
o cuidado das mães na alimentação dos filhos. O mesmo mote irá permear a campanha de
Maizena no ano seguinte, com a chamada “Mingau de Maizena dá carinho”.

1994
• A Seleção Brasileira de Futebol Feminino é patrocinada por Maizena. No mesmo ano, o
time é campeão sul-americano. No ano seguinte, conquista o bicampeonato, ainda com o
apoio da marca.

• Maizena completa 120 anos de vendas no Brasil. Para comemorar a data, uma pesquisa sobre o uso do produto comprova sua elevada aceitação nos lares brasileiros, tanto na
alimentação infantil quanto na culinária em geral. Mesmo às portas do novo milênio, o
amido de milho também é utilizado para engomar roupas – sua função original, antes de
se popularizar como alimento

1995
Lançamento de Maizena Nutre, um pó para mingau destinado a crianças de 1 a 3 anos.
Embora concorresse com o tradicional amido de milho, o marketing da marca investe na
versatilidade do produto, e pesquisas mostram que 70% do uso de Maizena concentra-se
em diferentes preparações do mingau.

1996
“Nossa vida com Maizena” invade os lares do País nos intervalos do horário nobre. As
atrizes Célia Helena e Lígia Cortez, mãe e filha, protagonizam programas de um minuto de
duração, nos quais ensinam pratos rápidos com amido de milho. Um serviço 24 horas, o
Disque Maizena, repassa por telefone detalhes das receitas. Com situações simples e
bem-humoradas, a publicidade reforça o conceito de que Maizena é um hábito passado de
geração a geração.

2000
• Lançamento do Bolo Maizena, sabor Milho. No ano seguinte, viriam as versões
Chocolate, Coco e Laranja. É o primeiro produto da marca fora do mercado de farinhas
e alimentos infantis.

• Cremogema lança novo sabor: Vitamina de Frutas.

• O verso das embalagens de Maizena ganha receitas internacionais, de países como
Espanha, Itália e Alemanha.

• A Unilever incorpora o grupo norte-americano Bestfoods, que a essa altura
controlava a Refinações de Milho Brasil. Com isso, Maizena passa a fazer parte do
portfólio das marcas alimentícias da Unilever.

2001
O selo de qualidade Maizena é estampado nas embalagens das marcas Arrozina e
Cremogema.

2002
Cremogema ganha os sabores Chocolate, Morango e Milho Verde. As versões Tradicional e
Vitamina de Frutas continuam em linha.

2003
• Maizena lança uma farinha láctea, produto nutricional voltado ao público infantil.

• Surgem as barras de cereal Croc'z, com o selo de qualidade Maizena, nos sabores
Vitamina de Banana, Chocolate e Iogurte de Morango. Esses produtos não são mais
comercializados.

2005
• As linhas Cremogema e Arrozina ganham nova identidade visual, que associa os
produtos à marca Maizena. A caixinha amarela também passa por mudanças, incluindo
receitas saudáveis e informações sobre nutrição.

• A Unilever lança o CresciNutri, complexo de vitaminas e minerais para suprir as
necessidades da população brasileira e do desenvolvimento infantil. O ingrediente entra
na fórmula das linhas Cremogema e Arrozina.

• Novos produtos são lançados para bebês a partir de 6 meses de vida: o Amido de Milho
Maizena Enriquecido, Cremogema 5 Cereais e Cremogema Arroz, Milho + Proteínas do
Leite, todos com CresciNutre na fórmula.

• A marca lança o Projeto sobre Nutrição e Culinária. Ministrado a princípio nas cidades de
Pouso Alegre (MG), Recife (PE) e Fortaleza (CE), ele introduz aulas de Nutrição e Culinária
em escolas municipais e estaduais, para a preparação de cardápios mais saudáveis e
nutritivos com os ingredientes fornecidos pelas prefeituras. As alunas são as próprias
merendeiras e, nas cidades do Nordeste, também as mães de crianças em idade escolar,
que recebem folhetos explicativos, kits medidores e aventais para estimular a aplicação
dos novos conhecimentos na alimentação das crianças.

2006
A marca Maizena cria o Parquinho Vitaminado. Itinerante, montado numa grande carreta,
sua função é levar diversão às crianças sem muitas opções de área de lazer nas cidades de
Salvador, Recife e Fortaleza.

2007
• As embalagens de Maizena Cremogema são renovadas para ganhar um aspecto mais
alegre e moderno, com novos personagens em 3D e a imagem da fruta correspondente ao
sabor.

• Mudança na embalagem de Maizena Arrozina, com predomínio da cor verde, para dar
mais destaque ao coração amarelo formado no logo de Maizena.

• Lançamento de Maizena Mingau Instantâneo nas regiões Norte e Nordeste do Brasil, nas
embalagens de 365 gramas (com 17 porções em sachês) e 210 gramas (com 10 porções).
O produto, que detém o selo Minha Escolha, tem os sabores Mingau de Arroz, na linha
“Regular”, e Mingau de Maçã, na linha “com Cereais” – os cereais vêm em forma de
bichinhos.

Foto e matéria extraidos do site www.unilever.com.br
Reações:

1 Participações:

Alexandra disse...

adoro os produtos da marca maizena,especialmente a cremogema sabor milho verde que infelizmente não consigo achar mais.Alguém sabe dizer porque?Ela é uma delícia por favor voltem a comercializar!!!